TUA VINHARIA
 
...

As crianças e a nossa montra

Limpar os vidros da montra é das tarefas mais chatas. Como em todas as outras coisas achámos que sozinhos haveríamos de dar conta do recado. Deste e de todos. Parece que neste detalhe, sorte minha, ela faz melhor do que eu. Todos os dias vemos pessoas a encostar as mãos e a cabeça no vidro para espreitar. Nunca percebemos porque não entram para ver, mas este fascínio de olhar pelo vidro deixa marcas. Dedadas e impressões faciais e digitais a uns 170 cm, em média, do chão. Normalmente sabíamos se a rua tinha muito movimento à noite pelo número de manchas no vidro. Nos últimos meses tivemos poucas manchas no vidro. Nem a malta saiu muito à rua e quando saiu parece que foi tendo o cuidado de não se encostar a superfícies planas, transparentes e verticais. Para além das outras. Continuamos a limpar os vidros, claro. Mas já não tínhamos de apagar os fantasmas da montra.

Na quarta-feira colocámos brinquedos da Oficina do Alfredo na montra para, de certo modo, assinalar o Dia da Criança. "Dia da criança numa loja de vinhos?" perguntaram.  Devemos ter poucos clientes sem filhos e já tivemos muitas crianças por cá. As que acompanham os pais, mães, avós, avôs, as que vêm pelos biscoitos e bolachas da Paupério, pelos chocolates ou até pelos livros. Todas adoram as rolhas gigantes que temos no chão da sala e as grandes garrafas da Rocim que são, ainda assim, pequenas para as rolhas gigantes. 
Voltando à montra colorida com os brinquedos da Oficina do Alfredo tem sido uma maravilha ver a reacção das crianças que passam. "Olha pai, a loja tem coisas novas, vamos entrar!" diziam dois rapazotes que costumam por aqui passar e nunca se esquecem de atirar um olá. Duas meninas ficaram afastadas do vidro a contar os brinquedos e perguntaram se a lata das bolachas podia seguir com elas para casa. Uma outra menina largou a mão da mãe e pôs-se a contar "Um 'cracol' azul, outro 'cracol vemelho', um 'cracol' verde, um 'cracol' amarelo e outro 'cracol' vemelho", "anda" pediu a mãe. "Espera, também tem patos e viões". E lá ficaram as mãos marcadas no vidro a pouco mais de 50 cm do chão. Mãos que foram prontamente higienizadas.

Jaime

2020 Maio 29

Tags: Tua VinhariaOficina do AlfredoPóvoa de VarzimDia da Criança

InstagramIcone

INSTAGRAM