TUA VINHARIA
 
...

Ano do Rato

No dia 25 começa o ano novo chinês. Depois de alguns anos a viver em Lisboa, e a assistir ao desfile, e a seguir em Timor, com escalas em diferentes países asiáticos, a ver lanternas espalhadas por todo o lado e notas a voar pelo ar é difícil ficar indiferente à data. 

Além disso, foi no Festival Chinês da Lua que os meus filhos cumprimentaram pela primeira vez um Presidente da Républica, Taur Matan Ruak, no Palácio Lahane, portanto não há como escapar às saudades de festejar certas efemérides.

Depois, festejar o ano novo de uma cultura diferente da nossa é uma razão tão boa como outra qualquer para brindar. E uma vez que a vinharia tem tantos e bons vinhos, decidi escolher um pela cor do rótulo (há muito mais pessoas a comprar vinhos pelos rótulos do que possam pensar). 

A cor vermelha, por ser yang, é a que predomina nas comemorações do ano novo chinês e acredita-se que atrai a sorte e o amor. O amarelo, o roxo e o dourado são também consideradas cores auspiciosas, que atraem a prosperidade e a riqueza. 

Posto isto, tenho de escolher entre os Herdade dos Lagos, CantandoA Tricandeira Não é Tão PretaIndígena, do Alentejo o Elfa, do Dão, o Risu do Isaac, do Douro, o Quinta de Arcossó Syrah de Trás-os-Montes e os espumantes da Adega Ponte da Barca e da Quinta de Lemos.

Sim, estou mais entusiasmada com os festejos do ano que começa agora para os chineses do que com os do dia 1 de Janeiro, mas se tivermos em conta que vai começar um ano do Rato, e que o último do mesmo animal foi em 2008 – um ano mágico para mim –, acho que compreendem.

Calita

2020 Janeiro 22

Tags: Ano Novo ChinêsBrindarTua VinhariaRótulos

InstagramIcone

INSTAGRAM